5 erros comuns de gerenciamento de estoque em negócios multicanal

Confira falhas na gestão do estoque de negócios omnichannel que podem prejudicar a qualidade do atendimento ao cliente

 

estoqueA gestão eficiente do estoque de uma empresa é um dos pilares fundamentais para o sucesso de um negócio. Isso porque não apenas garante a qualidade nos serviços prestados ao cliente, como também permite a eficácia operacional e a redução de custos. Falhas na administração podem custar caro e, até mesmo, impedir o crescimento da empresa. É por isso que você precisa atuar o tempo todo para evita-las.

 

Se as informações do seu estoque não são confiáveis ou estão atualizadas, por exemplo, é provável que você venda acidentalmente um produto que está indisponível. E esse pequeno erro pode se tornar grande se o cliente afetado resolver criticar a sua empresa nas redes sociais ou páginas de avaliações.

 

Esse exemplo demonstra claramente que, mesmo estando nos nos bastidores, o gerenciamento de estoque tem um forte impacto na imagem da sua marca e no sucesso do seu negócio. Para quem faz venda multicanal, essa influência é ainda maior, requerendo um  cuidado redobrado com a gestão de estoque, afinal, é preciso garantir que os clientes recebam o mesmo padrão de atendimento em todos os canais. E isso se torna um desafio quando há vários estoques a ser administrados. Contudo, com as ferramentas certas, os obstáculos são superados.

 

Neste texto, apresentamos cinco erros de gerenciamento de inventário mais prejudiciais para empresas que investem nas vendas multicanal. Conheça os detalhes de cada um deles para que possa evitá-los e seguir uma trajetória de sucesso.

 

1° erro: Ignorar os níveis de estoque

 

Um dos erros mais comuns de gerenciamento de estoque é a negligência. Isso geralmente ocorre porque você não tem tempo para acompanhar seus níveis de estoque e atualizá-los continuamente. Embora essa questão possa parecer fácil de evitar, quando você oferece uma ampla variedade de itens em diversos canais, torna-se cada vez mais difícil acompanhar tudo em tempo hábil.

 

O método mais indicado para lidar com esse cenário é usar um software especializado no gerenciamento de armazéns, o sistema WMS, que atualiza automaticamente os níveis de estoque em todos os canais. Isso significa que você não tem se preocupar com o stockout ou excesso de estoque. Além disso, considerando o quanto poderá economizar no trabalho manual das auditorias de estoque e nas vendas perdidas, investir na tecnologia certamente te trará mais ganhos.

 

 

2° erro: Super estocagem de mercadorias

 

A gestão de estoque é um ato de equilíbrio: você deseja estoque suficiente para atender à demanda, mas não muito, já que que você paga pelos custos de armazenamento. Além disso, o excesso de estoque pode gerar perdas.

 

É por isso que a super estocagem é um erro que pode prejudicar bastante a rentabilidade do negócio. Se você não quer cometê-lo, não solicite automaticamente novos suprimentos para o estoque, sem ter em mãos dados precisos que indicam a necessidade de reabastecimento. O ideal é que você acompanhe seus registros de vendas e o fluxo no seu armazém, de modo a solicitar o fornecimento somente quando for necessário. Para tanto, contar com softwares especializados, que oferecem informações confiáveis e atualizadas instantaneamente, é fundamental.

 

Entretanto, para que você não tenha que lidar com nenhuma variação imprevista na demanda, é recomendável sempre ter um estoque de segurança, o que nos leva ao nosso próximo erro comum.

 

 

3° erro: Esquecer do estoque de segurança

 

Se, de uma hora pra outra, houver um pico inesperado de vendas de algum produto, pode ficar difícil atendê-lo se o seu estoque não estiver preparado, certo? E se o seu fornecedor tiver algum problema na entrega?

 


Essas situações devem ser contornadas garantindo um estoque de segurança, ou seja, um pequeno excedente que será utilizado apenas em momentos específicos, como a alta nas vendas ou problemas no fornecimento. Essa quantidade adicional garante que você não perca uma venda ou prejudique sua reputação com uma mensagem “produto indisponível”.

 

 

4° erro: Não prestar atenção à sazonalidade de vendas

 

Suas vendas são mais previsíveis do que você imagina. A revisão dos seus históricos de vendas permite otimizar suas estratégias daqui para frente e também antecipar as necessidades de estoque. Seus registros de vendas ajudam não apenas a definir os níveis de estoque ideais para cada item, a prever as variações na demanda, como também a reorganizar o layout conforme a Classificação ABC, garantindo maior agilidade no atendimento dos pedidos.

 

Examine dados de vendas para o ano inteiro, levando em consideração tendências sazonais de compras e feriados. Aproveite também os relatórios de previsão de reabastecimento. Esses relatórios calculam a média de suas vendas e o prazo de entrega dos fornecedores e, posteriormente, indicam quanto estoque você precisa adquirir para ter sempre o produto no lugar certo e na hora certa.

 

5° erro: Armazéns desorganizados

 

Quanto mais armazéns você tiver, mais difícil será manter cada um organizado. Só que isso não pode ser relegado. Armazéns ineficientes são uma armadilha comum que pode paralisar seus negócios. Existem estratégias diferentes para otimizar a eficiência do armazém; portanto, escolha os métodos que funcionam melhor para você, priorizando sempre um bom layout, a padronização dos processos, a manutenção da produtividade e uma gestão eficiente do estoque.

 

Para te ajudar nisso, conte com o sistema WMS. O software auxilia no endereçamento inteligente, na gestão das tarefas, definição dos melhores trajetos, giro do estoque, dentre outros benefícios que influenciam diretamente na organização dos seus armazéns (Saiba tudo sobre o sistema aqui). . E o melhor com o WMS você tem informações em tempo real, o que te permite antecipar às falhas e tomar as decisões certas para uma perfeita gestão da operação.

 

 

Tecnologia como sua melhor aliada

 

 

wms

Você pode ver a lista anterior como maneiras de falhar no negócio multicanal ou como oportunidades de sucesso. Se você se prepara para evitar essas falhas e busca um aprimoramento constante da logística, não há o que temer. Para tanto, é preciso ter um olhar focado no futuro, contando com o suporte da tecnologia. Lembre-se que inovar significa, antes de tudo, executar processos de forma inteligente. E é isso que os softwares especializados e sistemas de automação podem fazer pelo seu negócio.

 

Como esses são os erros comuns que muitos varejistas ainda cometem, você pode estar à frente da concorrência simplesmente por não os cometer! Especialmente se você está começando – fazer os ajustes recomendados permite contornar os erros antes que eles possam ocorrer. Por exemplo, se você encomenda estoque extra para garantir o estoque de segurança ou implementa o sistema WMS desde o início, você já impediu que alguns desses problemas ocorram em primeiro lugar.

 

Esteja pronto para um mercado promissor assegurando que o seu cliente será bem atendido. Cuide bem da gestão do seu estoque para garantir que o seu negócio cresça e se destaque!

 

 

>> Quer saber mais sobre a adequação de um armazém para o omnichannel? Clique aqui. 



Deixe um comentário