Planejamento logístico 2024: como se preparar para os desafios deste ano - Delage

Planejamento logístico 2024: como se preparar para os desafios deste ano

Descubra algumas das estratégias de planejamento logístico para o ano de 2024 e esteja pronto(a) para superar os desafios iminentes.

 

 

planejamento logístico Você já parou para pensar em como a logística tem evoluído nos últimos anos? Em meio ao surgimento de novas tecnologias, mudanças nos modelos comerciais e uma crescente alteração de comportamento das demandas globais, as empresas se viram diante de um novo desafio: manter-se ágeis e atualizadas.

 

Da integração de sistemas de rastreamento à revolução na gestão de estoques, a logística deixou de ser apenas uma função operacional isolada para se tornar uma peça-chave no mecanismo do sucesso empresarial. Essas mudanças vêm ressaltando a urgência de uma abordagem mais proativa e inovadora para a garantia de relevância e competitividade no mercado. Sendo assim, o planejamento se tornou a palavra de ordem nas operações logísticas.

 

Com a chegada de 2024, é importante não apenas reconhecer todas essas mudanças, mas também compreender como elas moldarão o cenário logístico nos próximos meses. Pensando nisso, ao longo deste artigo, compartilhamos algumas das principais tendências que se aproximam e, mais importante ainda: revelamos como as empresas podem capitalizar essas tendências para garantir um futuro robusto e próspero.

 

 

Por que o planejamento logístico é necessário?

 

 

Em um cenário onde a única certeza é a mudança, empresas que reconhecem a importância de se manterem atualizadas e alinhadas com as tendências emergentes conquistam uma vantagem competitiva no mercado.

 

Em 2024, a capacidade de realizar um planejamento logístico eficiente não é apenas uma estratégia, é uma verdadeira necessidade para o sucesso empresarial. Estar sempre à frente, antecipar e abraçar as mudanças são elementos-chave para navegar no dinamismo do mercado atual.

 

Empresas que adotam a mentalidade de crescimento e atualização são capazes de enfrentar os desafios com maior determinação, assim como se mostram mais dispostas a capitalizar as oportunidades geradas por essas transformações. Além disso, a capacidade de adaptação proporcionada pelo planejamento logístico permite que as empresas ajustem suas estratégias em tempo real, minimizando riscos e maximizando os ganhos. Portanto, o planejamento logístico não é apenas uma prática operacional; trata-se, sem dúvida, de uma estratégia fundamental para as organizações que almejam não apenas sobreviver, mas prosperar em um cenário empresarial dinâmico.

 

A seguir, compartilhamos orientações e dicas valiosas sobre como preparar seu armazém para o novo comportamento de mercado.

 

 

Como realizar o planejamento logístico para 2024?

 

Para que você execute um bom planejamento logístico, assegurando que a sua operação esteja pronta para todos os desafios deste ano, é crucial compreender o cenário atual e o que será tendência nos próximos meses. A partir dessas informações, é hora de traçar o plano! Nos tópicos abaixo abordamos o que estará em alta em 2024 e como você deve agir para adaptar o seu negócio. Acompanhe:

 

 

1- Popularização do comércio eletrônico

 

Você já se perguntou como a popularização do comércio eletrônico tem mudado os hábitos de consumo nos últimos anos?

 

A facilidade de adquirir produtos com apenas alguns cliques redefiniu o cenário do varejo, apresentando, porém, uma série de desafios logísticos que podem persistir e, até mesmo, se intensificar ao longo de 2024. Especialmente para os armazéns, que agora precisam lidar com um volume consideravelmente maior de pedidos, a demanda por eficiência e agilidade atinge níveis sem precedentes.

 

A urgência de processar, embalar e despachar pedidos com rapidez e precisão se tornou prioridade. Nesse cenário, os gestores enfrentam o desafio de desenvolver uma gestão de estoques eficiente, reduzir erros no processo de picking e otimizar as rotas de entrega para atender às crescentes expectativas dos consumidores em relação ao envio rápido e confiável.

 

Diante desses desafios, vale a pena incluir em seu planejamento logístico para 2024 a implementação de sistemas como WMS e OMS. O sistema WMS proporciona uma gestão eficiente de estoques, aprimorando a rastreabilidade e otimizando os processos internos do armazém, especialmente o picking e a expedição. Já o sistema OMS coordena e centraliza o processamento de pedidos, facilitando a integração entre múltiplos canais de venda. Com as duas tecnologias integradas, sua empresa será capaz de responder com facilidade aos desafios do novo mercado.

 

 

2- Transformação digital na cadeia de suprimentos

 

A transformação digital na cadeia de suprimentos deixou de ser uma visão futurista para se tornar uma realidade. Tecnologias inovadoras, como blockchain, Internet das Coisas (IoT) e inteligência artificial (IA) estão sendo integradas para ampliar e aprimorar a visibilidade, rastreabilidade e eficiência do armazém.

 

A incorporação bem-sucedida dessas tecnologias requer uma integração eficiente com os sistemas existentes, tornando a transição digital um desafio complexo. A segurança contra ameaças cibernéticas e a garantia da integridade dos dados são aspectos essenciais para a eficácia e confiabilidade da cadeia de suprimentos digital. Além disso, a implementação de tecnologias pode envolver custos significativos ao escolher parceiros inadequados.

 

Para superar esses desafios, as empresas devem desenvolver planos estratégicos sólidos, identificar parcerias estratégicas com especialistas em tecnologia e investir em segurança cibernética robusta.

 

 

3- Urbanização e prazo de entregas

 

O congestionamento nas áreas urbanas tem se tornado um verdadeiro desafio para os métodos tradicionais de entrega, afetando diretamente a pontualidade e a eficiência.

 

Com ruas cada vez mais movimentadas e o aumento do tráfego, as empresas precisam se adaptar para manter prazos de entrega competitivos e atender às expectativas dos clientes. Para enfrentar essa realidade, talvez seja importante adicionar no planejamento logístico de 2024  o investimento em soluções avançadas, como o sistema WMS.

 

O sistema WMS otimiza a preparação de pedidos no CD e também é capaz de priorizar demandas com base em critérios como urgência e localização. Além disso, ao utilizar algoritmos inteligentes, o WMS pode analisar dados históricos de pedidos, padrões de demanda e informações sobre as condições de tráfego. Essa análise possibilita a criação de rotas mais eficientes, levando em consideração fatores como distância, tempo de entrega e prioridades específicas dos clientes.

 

 

 


 

 

4- Aumento no preço de combustíveis

 

A flutuação dos preços dos combustíveis, a inflação e o consequente aumento nos custos de transporte podem elevar as despesas operacionais, impactando diretamente a rentabilidade, o valor final do produto e a eficiência das cadeias de suprimentos.

 

O desafio reside em encontrar o equilíbrio entre soluções que asseguram a eficiência operacional, a qualidade e valor dos produtos, assim como a pontualidade das entregas, mesmo diante do aumento contínuo dos custos. A pressão para manter os custos baixos sem comprometer a qualidade do serviço coloca os armazéns em uma posição delicada.

 

O sistema WMS pode ser, mais uma vez, a solução para enfrentar este desafio, uma vez que permite o rastreamento em tempo real, a análise preditiva e a formação de volumes no carregamento, capacitando as empresas a otimizarem rotas, reduzirem a quilometragem e, consequentemente, minimizarem os custos de transporte.

 

Além disso, estratégias de gestão de estoque mais eficientes ajudam a evitar excessos e garantem que os produtos certos estejam nos lugares certos, reduzindo a necessidade de deslocamentos desnecessários.

 

 

5- Escassez de mão de obra

 

O setor logístico enfrenta atualmente uma escassez de mão de obra em várias funções, abrangendo desde motoristas até trabalhadores de armazéns e técnicos qualificados.

 

Para lidar com esse cenário, as empresas devem priorizar no planejamento logístico de 2024 o investimento em programas de formação e desenvolvimento, oferecendo pacotes de remuneração competitivos, além de criar ambientes de trabalho atrativos, capazes de atrair e reter talentos.

 

Também é importante oferecer às equipes uma infraestrutura adequada de trabalho e, nesse caso, contar com softwares e automações pode eliminar tarefas repetitivas e permitir que os colaboradores entregam um serviço de maior qualidade, aumentando a sua motivação.

 

 

6- Logística sustentável

 

Nos últimos anos, com a crescente conscientização ambiental, consumidores conscientes buscam parceiros comerciais alinhados com valores sustentáveis, o que implica desafios para a logística, especialmente em armazéns tradicionais.

 

A adaptação a práticas sustentáveis apresenta novos obstáculos, como a gestão eficiente de estoques, o cumprimento de prazos de entrega e a otimização de rotas, todos alinhados com critérios ambientais rigorosos.

 

No entanto, sistemas de gerenciamento, como o WMS, oferecem soluções ao aprimorar a eficiência operacional. O WMS contribui para a redução do impacto ambiental, uma vez que otimiza o espaço de armazenamento, gerencia estoques de forma eficiente, reduz desperdícios de produtos, promove estratégias inteligentes nas rotas e processos, proporcionando visibilidade em tempo real para resposta rápida a mudanças na demanda, além de suportar a gestão sustentável de embalagens e reciclagem.

 

 

Obtenha sucesso em 2024

 

Em um mercado dinâmico e desafiador em 2024, onde alguns fatores como urbanização, transformação digital, sustentabilidade, pressão por entregas ágeis e um serviço de qualidade moldam o mundo empresarial, e a necessidade de soluções inovadoras se faz presente.

 

É aqui que o investimento em tecnologias avançadas, como os sistemas de gerenciamento WMS e OMS, ao lado de parcerias estratégicas bem-sucedidas, entram em cena. Ao adotar sistemas robustos, sua empresa será capaz de otimizar as operações, reduzir desperdícios, e enfrentar desafios específicos com estratégias inteligentes de gestão de estoques, processamento de pedidos e otimização de rotas, por exemplo.

 

Na busca pelo fornecedor de tecnologia perfeito para o seu negócio, é importante lembrar que parceiros de sucesso oferecem não apenas inovação de ponta, mas também orientação estratégica para lidar com os desafios. Por isso, faça uma avaliação criteriosa das opções disponíveis no mercado antes de decidir em qual solução investir.

 

Não se esqueça também de que, ao longo do ano, imprevistos podem surgir, reconfigurando todo cenário. Para enfrentar bem qualquer transformação, é fundamental priorizar uma cadeia de suprimentos  transparente, com dados em tempo real e soluções flexíveis e escaláveis. Isso  garantirá a tomada de decisões ágeis e a mudança de rota, caso necessário.

 

Se você deseja contar com uma parceria sólida, entre em contato com nossos especialistas em tecnologia. Nós reunimos uma equipe de profissionais com grande expertise em inovações logísticas, capazes de oferecer a melhor orientação para o seu negócio. Juntos, podemos transformar desafios em oportunidades e moldar um futuro de prosperidade e inovação!