5 sinais de que o seu armazém precisa ser modernizado

Confira alguns situações que podem estar prejudicando o seu negócio e que indicam a necessidade de modernizar o armazém

 

modernizar armazémAdministrar um armazém hoje em dia não se trata simplesmente de planejar uma carga ou otimizar um caminho de separação. Na atualidade, é fundamental ter informações precisas e instantâneas, com acesso rápido por todos os elos da cadeia, além de garantir o melhor uso dos recursos e, claro, assegurar a melhor experiência de compra aos clientes.

 

Quem lida com uma operação 100% manual pode enfrentar grandes dificuldades para cumprir esses objetivos, afinal, como ter uma visão macro, dados confiáveis e o máximo de eficiência utilizando papéis e planilhas? E como assegurar que o funcionário tomará a melhor decisão com base no seu “feeling”? Para acabar com esses problemas, muitas empresas já automatizaram seus armazéns com sistemas de gestão, contudo há uma ressalva importante: é preciso contar com a tecnologia certa, pois pode acontecer de  ferramenta utilizada estar obsoleta ou não acompanhar o crescimento da empresa.

 

Nesse sentido, a questão principal a se avaliar não é se a empresa tem ou não uma tecnologia, mas se a mesma está realmente facilitando os trabalhos e dando o suporte que a empresa precisa. Para isso, é importante analisar alguns pontos específicos na operação que podem trazer repostas à dúvida: “meu armazém precisa ser modernizado?”.

 

Modernizar a operação significa ter as ferramentas certas para aumentar a capacidade, elevar a eficiência e obter dados valiosos que permitem um aprimoramento contínuo, tanto dos processos internos no armazém, quanto do nível de serviço oferecido ao cliente. Significa, ainda, ter tecnologias que acompanham as tendências do mercado, que evoluem constantemente e são escaláveis.

 

Então, como começar? O primeiro passo é avaliar se a sua tecnologia fornece benefícios ou está impedindo o seu crescimento. Para te ajudar, apesentamos cinco sinais que revelam que você precisa de uma solução mais moderna. Confira a seguir e verifique se você já experimentou algum deles.

 

 

1 – As taxas de erro aumentaram ou são inaceitáveis

 

Se a sua operação tem reportado muitos erros, como itens ou quantidades erradas enviadas, produtos embalados incorretamente, mercadorias danificadas ou documentação incorreta, é sinal de que seu armazém precisa se modernizar. Aliás, trata-se de um sinal de alerta máximo, afinal, os erros geram a insatisfação do seu cliente e causam diversos prejuízos ao seu negócio.

 

Os seres humanos cometem falhas, por isso, quando a operação é 100% manual, os erros são praticamente inevitáveis.  Por outro lado, contar com sistemas que direcionam os trabalhos e notificam em caso de qualquer divergência, fará uma enorme diferença no resultado final. Um exemplo é o sistema WMS.

 

Um bom WMS consegue lidar com a complexidade atual das operações, fornecendo orientação aos colaboradores para a execução de cada tarefa, enquanto verifica a execução correta em cada etapa. E, se algum erro for cometido, o sistema emite um alerta para a sua rápida correção, ou seja, o software não tolera erros e dá todo o suporte para que os trabalhos sejam executados com o máximo de precisão.

 

 

2 – Prazos perdidos e/ou morosidade na separação

 

Se há muitos envios atrasados ​​ou incapacidade de acompanhar os pedidos de cada dia, é preciso contar com o suporte da tecnologia para acabar com essas ocorrências. Do mesmo modo, se na separação os funcionários caminham muito mais do que o necessário ou manuseiam o mesmo item várias vezes, é sinal de que a operação precisa ser modernizada. Isso porque os atrasos na entrega geram insatisfação e, até mesmo a perda de um cliente. Já a morosidade na execução das tarefas e excesso de manuseio significa mais custos para a empresa.

 

Ao modernizar o armazém com um software de gestão robusto e sistemas de automação, você acelera o picking e consegue oferecer prazos de entrega cada vez menores. Além disso, irá aproveitar melhor a sua mão de obra. Com o auxílio da tecnologia, você pode fazer mais com menos. (Veja aqui como a Drogaria Onofre conseguiu processar 90% dos pedidos em apenas 10 minutos, oferecendo prazos de entrega recordes na capital paulista).

 

 

3 – Custos aumentando

 

Muitas empresas não sabem realmente o quanto lhes custa atender cada pedido. O custo total inclui mão de obra, instalações, custos de manutenção de estoque, custo de sistemas, equipamentos, remessa, estornos e devoluções. Conforme sua empresa cresce, o custo de atendimento por unidade deve diminuir e não aumentar. No entanto, em muitos casos, na batalha pela agilidade na entrega, as empresas acabam fazendo a utilização ineficiente da mão de obra e do espaço do armazém, podendo afetar significativamente a lucratividade do negócio.

 

Para reduzir os custos, é preciso aumentar a eficiência. E isso só se consegue com tecnologia. Trata-se, portanto, de um investimento que ajuda a cortar gastos desnecessários e a tornar o negócio mais rentável.

 

 

4 – Falta de espaço

 

Se o seu armazém está quase “transbordando”, com quase nenhum espaço de manobra, você pode ter problemas em vários processos internos. Muitos gestores, ao lidar com essa situação, pensam que a solução é aumentar a área de armazenagem. Assim, ampliam galpões ou alugam outros espaços para que consigam estocar os produtos. Mas tudo isso pode ser evitado com a utilização das tecnologias certas, que permitirão o uso inteligente do espaço, sem risco de stockout. Ou seja, modernizando o seu armazém você pode crescer o seu negócio sem necessariamente aumentar a área de armazenagem.

 

 

5- Seus clientes não têm visibilidade do pedido

 

Na sua empresa, os clientes fazem a compra, recebem uma previsão de entrega e a comunicação se encerra por aí, ou seja, eles ficam imaginando a trajetória do pedido sem poder acompanhar? Se sim, há um sinal claro de que seus sistemas não estão trabalhando a favor do seu negócio. Você precisa de tecnologias que façam o rastreamento completo do pedido, desde o momento em que ele chegou ao armazém, passando pela sua expedição, até a entrega final ao cliente.

 

Enquanto sua empresa não oferece visibilidade, os concorrentes estão notificando seus clientes a cada mudança no status do pedido, fornecendo o máximo de transparência, confiabilidade e comprometimento. Portanto, você precisa correr para trazer o mesmo para a sua empresa e conquistar a confiança e lealdade de seus compradores.

 

 

 Modernizar o armazém: o fim dos erros, atrasos e retrabalhos

 

Além dos problemas citados, ainda podemos acrescentar dificuldades como docas de recebimento congestionadas, desorganização do CD, alto turnover ou cargas de trabalho desiguais, dentre outras situações que tomam o seu tempo desnecessariamente na busca de solução e que impedem o seu negócio de crescer. Para acabar com elas, só existe um caminho: modernizar o armazém, contando com o suporte de tecnologias avançadas que aplicam velocidade e precisão aos seus processos, além de oferecerem informações valiosas que te ajudam na tomada de decisões.

 

Investir em tecnologia não deve ser um investimento para o futuro, mas sim para agora. Quanto mais moderna a sua operação se torna, menores serão os seus custos operacionais e melhores os seus resultados. Com os ganhos alcançados, seu negócio terá todas as condições de expandir e conquistar novos mercados!

 

Quer mudar agora mesmo? Comece pelo sistema WMS. O software é a base para que o seu armazém opere com alta produtividade, segurança e precisão. Conheça mais sobre os seus benefícios aqui.



Deixe um comentário