Search
Close this search box.

Por que você deve adotar o sistema OMS em sua estratégia omnichannel?

Saiba como o sistema OMS pode melhorar a estratégia omnichannel, integrando todos os canais de vendas e garantindo uma experiência de compra superior e maior lucratividade ao seu negócio.   O conceito e a estratégia omnichannel surgiram em resposta às mudanças comportamentais do consumidor e também pela transformação das demandas no mercado moderno. É possível observar essa mudança histórica ao longo do tempo: à medida que as novas tecnologias avançaram e o acesso à internet se tornou mais disseminado, os consumidores mudaram suas rotinas e estilos de vida e começaram a exigir experiências de compra mais integradas e fluidas, independentemente do canal escolhido.   Essa necessidade impulsionou o desenvolvimento de

Funcionalidades que transformam o sistema OMS em uma ferramenta poderosa

Conheça 8 funcionalidades do sistema OMS que ajudam na gestão do estoque, orquestração de pedidos e garantia de um serviço inigualável aos clientes   Você já parou para pensar em como uma boa gestão de pedidos pode ser uma estratégia decisiva para o sucesso de um negócio nos dias de hoje?   A cada dia, os clientes aumentam suas expectativas em relação ao serviço prestado por empresas dos mais diferentes nichos. Imagine, então, a frustração de um consumidor que realiza uma compra online ansioso para receber seu produto, e enfrenta, durante o processo, atrasos na entrega, falta de rastreabilidade ou problemas com o pedido. Essa experiência negativa pode levar o

Como escolher o melhor fornecedor do sistema OMS?

 Confira 6 passos para escolher sem erros o fornecedor do sistema OMS ideal para seu negócio.     Nos últimos anos, com a demanda crescente pelos pedidos via internet, abordagem omnichannel e o aumento das expectativas dos clientes, muitas empresas precisaram se adaptar ao novo modelo de mercado. Nesse cenário, o gerenciamento de pedidos representou uma das tarefas mais desafiadoras para quase todo nicho de negócio.   O que antes era realizado de forma manual, passou a acumular complexidades. Orquestrar demandas de vários canais, atualizar estoques em diversos pontos de venda, permitir que o cliente transite entre o físico e digital… O omnichannel, que veio como uma oportunidade, trouxe também

O que um bom sistema OMS precisa ter?

Descubra o que um sistema OMS precisa ter para garantir uma gestão eficiente de pedidos e impulsionar o sucesso dos negócios.     Não é surpresa que o cenário de consumo tenha passado por mudanças significativas nos últimos anos. Com o aumento da acessibilidade à internet, o crescimento dos marketplaces e a maior confiança dos usuários, as compras on-line caíram no gosto popular.   No meio dessa evolução, opções de consumo híbridas também ganharam destaque, como a possibilidade de realizar compras pela internet e retirar na loja física, experimentar na loja física e comprar on-line ou fazer compras em espaços físicos e receber os produtos em casa, por exemplo. Para

WMS e OMS: como os sistemas trabalham juntos

Entenda como os sistemas WMS e OMS podem auxiliar, de forma integrada, no desempenho logístico da sua empresa, acelerando os resultados do seu negócio.     A mudança no comportamento de consumo nos últimos anos não é mais novidade. Com as novas estratégias de mercado, especialmente o omnichannel, que vem ganhando destaque e maior aderência entre as empresas e clientes, obter vantagem competitiva se tornou um dos grandes desafios para diferentes modelos de negócios.   Oferecer múltiplos canais de venda, garantindo excelente atendimento e uma apurada gestão de estoques, além da integração de todas as informações, tornou-se uma tarefa árdua, que exige competência e eficiência estratégica.   Diante desse cenário

Loja em marketplaces: como o sistema OMS pode te ajudar na logística e pós-venda

Entenda como o sistema OMS atua na gestão de pedidos em marketplaces e proporciona maior segurança para as estratégias omnichannel da sua empresa.     Nos últimos anos, o crescimento de marketplaces no Brasil vem chamando atenção. Durante o evento “Marketplace Conference 2021”, promovido pela Ebit/Nielsen, foi comunicado que o setor cresceu 52% ao longo do ano de 2020, um resultado surpreendente e superior ao crescimento do mercado de e-commerce em geral, resultando em um faturamento de aproximadamente R$73 bilhões para a categoria.   As vendas nesses grandes canais digitais continuaram fortes em 2021 e 2022, e o que se percebe é que cada vez mais os marketplaces conquistam novos

Sistema OMS: dúvidas frequentes

Você tem dúvidas sobre o sistema OMS, suas funções e se deve implantar o software em seu armazém? Respondemos as questões mais recorrentes que aparecem em nossas negociações para te ajudar a conhecer mais o sistema e suas vantagens.     As empresas enfrentam diariamente grandes desafios, seja na busca intensa por melhores estratégias de vendas, crescimento e aumento de sua autoridade, melhorias na estrutura interna que possam agilizar a operação, equipe e produtividade, ou, até mesmo, encontrar formas de adaptar-se ao mercado que nunca exigiu tão rapidamente mudanças ligadas às exigências dos consumidores.   Assim como empresas 100% on-line, gestores varejistas que trabalham em um negócio omnichannel sentem também

Sistema OMS: tudo o que você precisa saber sobre a tecnologia que está revolucionando o omnichannel

Sua empresa deseja abrir mais canais de venda? Entenda como o sistema OMS pode ajudar você a alcançar melhores resultados e aumentar sua presença digital.   As formas de consumo mudaram. Hoje, a maneira com a qual cliente e empresa se relacionam e as experiências oferecidas durante o processo de aquisição de um determinado produto são alguns dos pilares que sustentam o novo mercado.   Outra transformação fundamental observada ao longo dos dois últimos anos foi a crescente busca por produtos de forma on-line, e, consequentemente, maior aquisição por meio do comércio eletrônico. Isso demonstra que não só o comportamento sofreu alterações, mas a forma como se consome também. Na

D2C: o que é, vantagens e como estruturar a logística para esse novo modelo de negócios

O e-commerce é um canal democrático que abriu espaço não apenas ao varejo. Com o avanço das plataformas de venda on-line e a crescente adesão a esse novo tipo de consumo, as indústrias perceberam que ali haveria uma oportunidade interessante de oferecer seus produtos diretamente ao consumidor final, sem a necessidade de um revendedor ou distribuidor. Esse tipo de venda, chamado de D2C (Direct-to-Consumer  ou DCT), está se tornando mais forte a cada dia.   Empresas como a Nike, Nestlé e Grupo Unilever, assim como gigantes da tecnologia, já estão presentes no canal eletrônico e vislumbram um grande crescimento. De acordo com um estudo realizado pela Salesforce em 2019, 99%

OMS (Order Managment System): o que é e porque é imprescindível para atender ao novo padrão de consumo

O mercado de consumo não é mais o mesmo. Os hábitos de compra mudaram, assim como a expectativa dos clientes. Com a ascensão do omnichannel, o consumidor tem uma série de facilidades para fazer uma compra. Mas ele não deseja apenas ter a flexibilidade de transitar entre os vários canais de venda. Ele quer ter o mesmo padrão de atendimento em todos eles, ou seja, quer ter uma experiência de compra positiva e unificada.   Isso exige das empresas uma nova postura. Não dá mais para manter uma gestão de pedido descentralizada, abrindo brechas para que as informações se percam durante a jornada de compra. Se um cliente comprou on-line